DIABETES tem cura realmente?

DIABETES TEM CURA

Diabetes tem Cura? Verdade ou ilusão?

Neste valioso artigo vamos juntos desvendar este mistério. Afinal, diabetes tem cura mesmo ou é papo furado?

Leia com calma e até o fim, assista os conteúdos em vídeo e por fim forme a sua própria opinião, estamos combinados? Pois é assim que devemos reagir a tudo que nos é ofertado, sempre com uma análise mais aprofundada, para podermos tomar nossas próprias decisões, ainda mais quando esta impacta diretamente nossa saúde.

  • Os textos em azul são links clicáveis.

O que é Diabetes?

Diabetes Mellitus é uma doença caracterizada pela elevação da glicose no sangue (hiperglicemia). Pode ocorrer devido a defeitos na secreção ou na ação do hormônio insulina, que é produzido no pâncreas, pelas chamadas células beta . A função principal da insulina é promover a entrada de glicose para as células do organismo de forma que ela possa ser aproveitada para as diversas atividades celulares. A falta da insulina ou um defeito na sua ação resulta portanto em acúmulo de glicose no sangue, o que chamamos de hiperglicemia.
Descrição da SBEM – Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia

Dados sobre Diabetes no Brasil.

De acordo com o Ministério da Saúde, 9 milhões de brasileiros possuem diabetes diagnosticada, este número pode ser bem maior, pois muitas pessoas ainda não descobriram que desenvolveram a doença. Dados apontam que a doença cresceu em torno de 40% nos últimos 8 anos, o que já é muito preocupante, pois a projeção é de mais casos no futuro próximo, inclusive acometendo muito as crianças e adolescentes, sendo atualmente considerada uma epidemia mundial. Pois assim como no Brasil, centenas de países tem sua população adoecendo. Afinal de contas, em um mundo tão globalizado e monopolizado, o mau de um se torna rápido o mau de outro. Que pena que para o bem está lógica não serve não é?

Tipos de Diabetes 

Os diagnósticos apontam 2 tipos da doença: diabetes tipo 1 e tipo 2. Vamos a elas:

Diabetes tipo 1

O diabetes tipo 1 é resultado do aniquilamento autoimune das células produtoras de insulina, ou seja, nosso próprio sistema de defesa destrói as células que fabricam o hormônio Insulina no pâncreas. O diagnóstico desse tipo de diabetes acontece em geral já na infância e na adolescência, podendo acorrer mais tarde.

Um detalhe muito importante, é que este tipo de diabetes não é totalmente reversível (não há cura) e nem possível sua prevenção (até este momento), porém há estudos em andamento com células tronco, veremos os resultados em um futuro breve, esperamos!

Diabetes tipo 2

No diabetes tipo 2, o pâncreas produz a insulina, mas ocorre a ineficiência das células musculares e adiposas aceitarem a entrada desta insulina, problema popularmente conhecido como RESISTÊNCIA A INSULINA. Esse tipo de diabetes é mais comum em adultos com 40 anos ou mais, mas como mencionado anteriormente, a doença esta cada vez mais precoce. fatores que contribuem para o seu surgimento são: excesso de peso, sedentarismo, alimentação de baixa qualidade. Ocorrem outros fatores, mas estes de longe são os principais.

Para nossa alegria e principalmente para os diagnosticados com diabetes tipo 2, antigamente conhecida como doença de intolerância aos carboidratos, hoje, as pessoas diabéticas do segundo tipo tem a opção de poder controlar as complicações e até reverter a doença através da alimentação inteligente. Onde com as escolhas corretas de alimentos, tem-se mostrado muito eficiente na reversão de quadros clínicos de muitas e muitas pessoas diabéticas: veja estes exemplos em vídeo de algumas delas.

Diabetes Gestacional

Atenção especial deve ser dada ao diabetes diagnosticado durante a gestação. A ele é dado o nome de Diabetes Gestacional. Pode ser transitório ou não e, ao término da gravidez, a paciente deve ser investigada e acompanhada.. Na maioria das vezes ele é detectado no 3º trimestre da gravidez, através de um teste de sobrecarga de glicose. As gestantes que tiverem história prévia de diabetes gestacional, de perdas fetais, má formações fetais, hipertensão arterial, obesidade ou história familiar de diabetes não devem esperar o 3º trimestre para serem testadas, já que sua chance de desenvolverem a doença é maior. Fontes de pesquisa do tema aqui.

Diagnóstico do Pré-Diabetes

Aplica-se o termo pré-diabetes àqueles indivíduos com uma glicemia de jejum que apresenta valores mais elevados do que o valor de referência normal, porém inferiores aos níveis de diagnóstico do diabetes, e/ou tolerância à glicose diminuída, como demonstrado abaixo:

1. Glicemia de jejum > 100mg/dl e < 126 mg/dl;
2. Glicemia 2 horas após sobrecarga de 75 g de glicose oral entre 140 mg/dl e 200 mg/dl.

Este grupo de pacientes deve ser identificado e mudanças de hábitos de vida devem ser implementadas, pois isso pode prevenir o aparecimento do diabetes. Em alguns casos pode haver indicação do uso de medicações. Fonte.

Complicações do Diabetes.

Talvez você saiba de algumas, talvez não. Para refrescar sua memória aqui vai uma lista de algumas das principais e terríveis complicações que esta doença silenciosa pode nos causar, se não estivermos atentos aos seus sinais é claro, ou se a deixarmos trabalhar livremente sem um combate adequado:

  • Cegueira
  • Amputações
  • Infarto, AVC
  • Rins paralisados - Transplante


Além destas complicações, temos ainda as doenças associadas: 

  • Hipertensão ou pressão alta
  • Obesidade, obesidade mórbida
  • Depressão profunda
  • Sedentarismo

Prevenção e Tratamento

Para diminuir a incidência de diabetes tipo 2 ou iniciar seu tratamento, é preciso melhorar os hábitos alimentares e praticar atividades físicas regularmente. Não estamos dizendo que seja fácil: na verdade o atual modo de vida (ao qual a maioria de nós é induzido) é o principal motivador desse problema; é preciso certa energia e disposição para adotar um comportamento mais saudável. Você pode pensar nisso como um investimento: uma mudança hoje irá lhe poupar saúde, gastos e sofrimento no futuro. Na dúvida, uma consulta a um "bom endocrinologista" pode lhe trazer os esclarecimentos e a orientação para ajudar a diagnosticar, prevenir e tratar o diabetes.

Outra opção que temos hoje é o tratamento DIABETES CONTROLADA, que tem ajudado centenas de pessoas no Brasil e algumas no exterior. O programa é uma abordagem inteligente contra a doença, utilizando a alimentação forte e inteligente como carro chefe nesse combate. Tudo baseado nos melhores estudos do mundo. Assista a reportagem...

Esta reportagem feita pelo programa Domingo Espetacular da Rede RECORD, teve como objetivo responder a esta intrigante pergunta: diabetes tem cura? E também mostrar ao Brasil que é possível combater a terrível doença chamada DIABETES de uma maneira muito mais saudável e eficaz, diferente dos antigos e ultrapassados métodos que a anos são indicados aos pacientes "sem resultados".

Além de entrevistar o criador do programa DIABETES CONTROLADA, a reportagem teve o cuidado e a grandeza de entrevistar alguns clientes, muito diferente da reportagem do FANTÁSTICO da Rede GLOBO que só se preocuparam em atacar o Dr. Rocha e seu Programa Diabetes Controlada com uma reportagem rasteira e traiçoeira, com edições de vídeo e relatos duvidosos, colocando o médico e sua marca contra a parede sem chance de respostas.

O fato é que o Programa Diabetes Controlada do Dr. Rocha tem se mostrado muito eficiente para milhares de diabéticos Brasil a fora, recebendo muitos relatos e depoimentos em vídeo de alunos do programa, que após entrarem, assistirem as vídeo-aulas e praticarem, tiveram seus exames melhores a cada tempo e detectaram melhoras significativas na sua qualidade de vida como um todo, INCRÍVEL NÃO?

Mas é Cura ou Reversão da Doença? 

No meu ver, mesmo a pessoa não precisando mais de remédios, a pessoa esta com a doença sob controle, sendo assim, ela conseguiu reverter o quadro metabólico e hormonal a seu favor, o que não quer dizer que ela possa se lambuzar todos os dias com alimentos até então proibidos pelo programa Diabetes Controlada.

Ou seja, é como ela estivesse "curada" do problema, livre das complicações que o Diabetes causa ao corpo. Mas para isso necessita estar sempre vigilante e manter os bons hábitos alimentares aprendidos com o Dr. Rocha.

Mas eu aceito o termo cura quando a pessoa interioriza o aprendizado e o leva para o resto de sua vida, dá pra afirmar que esta pessoa esta "curada" sim! :)

E você, após ter assistido ao vídeo acima que a RECORD fez sobre o Programa de Reversão do Diabetes do Dr. Patrick Rocha. Acredita que Diabetes Tem Cura?

Comentários do Face..